sábado, 6 de outubro de 2012

Amor não correspondido


Amar e não ser amado; querer o outro por perto, quando ele não está interessado em sua presença. Viver com a pessoa amada no pensamento, sabendo que ela está pensando em qualquer coisa, menos em você. Cair na ilusão de que tudo isso pode ser mudado, achando sempre que existe um problema consigo mesmo. Nem sempre alguém está errado, muitas vezes é simplesmente AMOR NÃO CORRESPONDIDO.

Tem-se a ilusão de que a pessoa amada só tem condições de ser feliz caso viva ao seu lado, mesmo internamente sabendo que existem, muitas vezes, poucas afinidades e pensamentos semelhantes; mesmo sabendo que existem pessoas com muito mais condições de fazer o seu ser amado mais feliz, do que você pode fazer. Aceitar isso é que é complicado, pois o amor as vezes acaba sendo um pouco egoísta. Quando se ama, a tendência é querer o outro para si, na maioria das vezes. Mas seria isso, amar de verdade?

Vamos imaginar que o amor está guardado no coração, e esse coração não é um órgão, e sim um objeto de vidro. Então este objeto é quebrado por alguma razão, e temos duas opções ao juntar os cacos: colar ou jogar no lixo. Colar seria insistir um pouco mais, tentar novamente, recomeçar, ter esperança de que pode-se mudar alguma coisa e acreditar que esse amor tem futuro. Jogar no lixo não seria com a mesma frieza do termo; jogar no lixo, nesse caso, seria desistir desse amor, pois não vale a pena insistir em algo que tudo leva a crer que não dará certo. Aí está a diferença, só tentamos consertar algo que ainda temos interesse em ter; caso contrário, descartamos.

É preciso saber a hora de insistir e mais ainda, saber a hora de dizer adeus. Dizer adeus não significa desistir de amar, e sim, dar uma segunda chance pra si mesmo, e tentar ser feliz com quem te ame. Invista em coisas que possam dar certo, pare de se machucar sem necessidade. Liberte o ser amado, lhe dando o direito de optar pelo melhor para ele também. Liberte e seja libertado, para que seja possível que ambos vivam amores correspondidos!  

5 comentários:

Anônimo disse...

Victor, muitas das vezes você escreve o que eu realmente preciso ouvir.Parabéns!

Vanessa Nascimento disse...

Era tudo o que eu precisava ouvir ! É tudo o que estou sentindo. Mas infelizmente,meu coração ainda não está preparado para dizer Adeus...mesmo sabendo,que não tenho chances. Como dizem : 'a esperança é a última que morre'. Parabéns pelo blog ,Victor! Sempre que dá,dou uma passada aqui..vc sempre me ajuda! E que venham mais 10 anos de blog ! Abraço

Eliete Batista disse...

Estava mesmo precisando ouvir tudo isso,para deixar um alguém viver a vida sem mim,pois fazem oito anos que não quero acreditar que meu casamento acabou.....obrigada victor por estas palavras,agorar sei que tenho que esquece-lo e partir para outro relacionamento. um abraço e parabéns!

Dayane Santos disse...

e verdade eu estou mim sentindo assim tambem parabens pelo blog

phil 34 disse...

Galera estou aqui para desabafar com vocs de forma que já passei por isso, não tem jeito, quando um não quer dois não brigam, se a pessoa amada não te dá mais atenção só resta superar, se valorizem vcs são mais que tudo isso, depois de um tempo ela ou ele vai perceber que quem perdeu não doi vc, ai vc esperam ela vir atrás, para dizer o que ela te diz hj, sejam duros, nD DE RECAIDAS, amei muito uma menina me declarei e ela se quer respondeu fiquei muito triste passei 3 anos amando e ela so pisando, agora perdeu espero que ela seja feliz ainda gosto dela desejo o melhor que realize seus sonhos e encontre uma pessoa que a ame e lhe der seu devido valor, que eu não dei.... mas com um tempo demonstrei ama-la de uma forma incomum com todas as forças do meu coração... quase entro em depressão por causa dela... agora quero mudar de vida realmente sem olhar pra trás... vou colocar aparelho malhar arrumar uma namorada e trabalhar ser felz fazer o bem ajudar as pessoas e ter fé que em DEUS tudo pode... te amo Deus me proteja de tudo como o senhor sempre faz te amo....

Postar um comentário